sábado, 22 de outubro de 2011

Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro divulgam seus últimos dados criminais

Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro divulgaram recentemente seus últimos dados criminais - de setembro no RS e de julho de 2011 no RJ. Como mostramos em blogs anteriores, o Rio Grande do Sul segue a trajetória dos demais estados, como São Paulo e Bahia, cuja queda da criminalidade se inverte a partir do segundo semestre de 2010, assumindo uma tendência de crescimento, como mostra a tabela abaixo:



Depois de uma queda acentuada em novembro de 2010, os homicídios no RS passam a crescer e sobem 25% agora em setembro, comparado ao mesmo período de 2010. Os roubos vão de -27% para +2% em setembro e os roubos de veículo de -29% para +17%, sempre comparando ao mesmo período do ano anterior. Como resultado, o Índice Geral do RS passa de -98% em novembro de 2010 para +26% agora em setembro, tomando a variação média dos 5 crimes principais. Este já é o terceiro mês consecutivo com variação positiva da criminalidade no RS.

O Rio de Janeiro, por outro lado, mantem uma queda consistente dos índices criminais nos últimos dois anos, mas mesmo ali parece que o ritmo da queda diminui lentamente, a partir de fevereiro de 2011.

Depois de cair -24% em março de 2011 sobre 2010, os homicídios no RJ sobem agora 3%, comparando julho de 2011 com o ano anterior. Os outros crimes ainda estão em queda, mas desacelerando: roubos vão de -17% para -10%, roubo de veículo de -24% para -3%, furto de veículos de -26% para -19%. Como resultado, o Índice Geral do Rio passou de -79 em fevereiro para -31 em julho de 2011, comparado a 2010, novamente tomando a variação média dos indicadores criminais principais. A desaceleração ocorre mais de um semestre após os outros estados e é cedo para dizer que se trata de uma reversão de tendência.

Mas acende o sinal vermelho de alerta no Estado que vinha revelando os melhores resultados na segurança pública nos últimos dois anos. Com a economia desacelerando, como apontamos muito tempo antes aqui observando a evolução dos roubos, que antecede sempre a piora, é de se esperar que dificilmente o RJ volte a apresentar tão cedo os excelentes resultados dos últimos meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Follow by Email

Seguidores